Bianca Lefosse

Recovery ou recuperação é um recurso muito utilizado pelos atletas. Tem a função de recuperar o esportista o mais rápido possível, para que ele esteja pronto para o próximo treino ou competição.

O que os atletas de elite estão fazendo para se recuperar? E você, como você se recupera?

Se você quer treinar forte e com consistência, precisa ter certeza de que está se recuperando, pois, desta maneira, seu corpo estará adaptado e apto para entrar no próximo nível.

Toda atividade física gera alterações fisiológicas e estruturais em nosso organismo. Essas alterações, muitas vezes, provocam dores, sendo que, por vezes, impossibilitam o atleta de realizar o próximo treino com tanta eficácia, podendo levar a lesões musculoesqueléticas. Na presença da dor, ocorre um breve período de perda de desempenho conhecido como overreaching funcional (você treina, sente-se cansado e os resultados não aparecem) e, se não bem gerenciado, podem, até mesmo, levar a uma síndrome de overtraining (demanda maior que capacidade).

Quando há aumento da demanda muscular, com aumento de volume de treino, após uma prova ou entre uma prova e outra (independente do esporte), os músculos e tecidos sofrem micro rupturas e acumulam toxinas irritantes para o organismo. Esse acúmulo de stress pode ultrapassar o nível físico e atingir o nível mental.

Dessa maneira, o excesso de treinos sem adequada recuperação, passa a deixar de ser algo prazeroso e vira uma obrigação. Obrigação de lutar contra o tempo, contra o cansaço, contra a vontade de se alimentar livremente, gerando uma cobrança intermitente de que se esteja fazendo algo errado.

Para driblar esse viés, queira ou não queira, você vai precisar se recuperar.
A ciência do esporte tem se desenvolvido cada vez mais, trazendo ricas informações, dentre as mais importantes citarei agora.
Inicialmente, deve-se enfatizar o básico.

1) Bom sono
2) Descanso
3) Boa Hidratação
4) Boa alimentação

As técnicas utilizadas pela equipe Recovery Team Sports têm a função de recuperar o esportista o mais rápido possível para que ele esteja pronto para o próximo treino ou competição.

Após um exercício físico intenso, sofremos um evento conhecido como dor muscular tardia ou DMT. Essa dor ocorre porque o tecido muscular sofre microlesões em sua estrutura. O sintoma pode aparecer entre as primeiras 8 a 24 horas após o exercício, com pico de até 48 horas, e pode perdurar entre 3-5 dias, de forma mais amena, dependendo da intensidade do exercício realizado.

De acordo com uma forte tendência da fisioterapia esportiva, o termo consiste em programas de modalidades terapêuticas que, combinadas, visam à diminuição dos efeitos da inflamação e de algumas alterações músculo-esqueléticas.

Muitos atletas profissionais de ponta já incluem o recovery dentro da rotina de treinos e, justamente pelo fato de terem um forte time de profissionais estudiosos ao seu lado, cotidianamente, podemos citar e usar de exemplo as técnicas que eles estão utilizando.

Nenhum atleta quer ou pode perder tempo ou rendimento. Para isso, acelerar a recuperação após um grande esforço físico é essencial para a continuidade e melhora do desempenho em qualquer esporte.

O planejamento do processo de recovery deve ser baseado primeiramente no estresse causado pela atividade física específica, e então, a partir dessa análise, entender quais demandas metabólicas e teciduais são mais acometidas.

Atualmente existem algumas modalidades que auxiliam nesse processo de recuperação e, consequentemente, na diminuição dos sintomas:

  • Normatec
    • Compex
  • Hypervolt
  • Venom
  • Crioimersão
  • Terapias manuais (quiropraxia, mobilização neural, liberação miofascial, mobilização articular etc)
  • Agulhamento Dry Needling
  • Acupuntura

Por Bianca Lefossse

Especialista em fisioterapia esportiva, formada em 2004

Já atuou em grandes centros de reabilitação de atletas profissionais (RJ,SP,MG,RS), olimpíadas, sócia proprietária da empresa Recovery Team Sports e proprietária da Clínica Lefosse em MG.

Sobre Valmir Dias Lana Júnior

Diretor Revista Trail Running. Atleta de Ultra trail e chefe da delegação brasileira de Skyrunning.