A incrível história da ultramaratonista rarámuri Lorena Ramírez

O que você precisa para correr e performar em uma ultra trail? A maioria dos corredores vai responder que precisa de um (ou mais) bom par de tênis, com bastante amortecimento; uma confortável mochila de hidratação; roupas e acessórios de excelente qualidade; géis de carboidrato e suplementos caros, entre outros itens que requerem bastante tecnologia.

O filme “Lorena, la de pies ligeros”, na Netflix, conta a história de uma corredora mexicana que não precisa de nada disso. Apenas com suas rústicas sandálias e um condicionamento físico de dar inveja a muitos atletas, ela conseguiu vencer e conquistar outros excelentes resultados em famosas e duras ultramaratonas.

Lorena, que atualmente tem 21 anos, vive no estado de Chihuahua, no norte do México e pertence ao povo Rarámuri, mais conhecido como Tarahumaras, que ficaram famosos com o livro “Nascidos para correr”. O curta metragem, de apenas 28 minutos, narra um pouco da história dessa tímida corredora, que venceu a Ultramaratona Guachochi, em 2017, correndo seus 100 quilômetros usando sandálias e trajes tradicionais.

A jovem viajou para a Espanha, em 2018, para disputar a Tenerife Bluetrail e ficou em 3º lugar, depois de correr 102 quilômetros, também com suas sandálias.

Acesse aqui para assistir na Netflix.

Assista ao trailer do filme:

Sobre Wanderson Nascimento

Jornalista e atleta de trail running, compete pela Go On Outdoor e atua como Diretor de Jornalismo da Revista Trail Running