A distância curta é a mais difícil?

Por: Bruno Mattos

A distância curta é a mais difícil?
Para muitos, 50km é curto e 20km é longo. Depende da intensidade aplicada em cada distância.

Fiquei meio ano correndo distâncias de até 12km e confesso que não é nada agradável agonizar da largada até a chegada. São os tipos de prova que requerem muita concentração.

Um percurso mais curto não admite erros: Qualquer falha ou desconcentração durante aqueles minutos custam sua colocação e tornam improvável a recuperação.

Quanto mais diminuímos a distância, mais performance precisamos ter, a ponto de precisarmos ser quase perfeitos. Tudo acontece muito rápido!

Tomo como exemplo uma prova de 100m – a prova mais nobre e curta do atletismo – na qual os tempos beiram os 9″ a 10″ + seus milésimos.
É de se imaginar que o mínimo de erro custe ao atleta sua vitória naquela curta faixa entre largada e chegada.

Bruno durante a Insanity Pico da Bandeira

Numa alusão a uma prova de redação, na qual todos começam com 100pts, cada erro de concordância e ortografia é descontado da pontuação.
Transferindo isso para a corrida, todos começam com 100pts na largada e a cada passada errada ou perda de tempo são descontados pontos. O que restar com mais pontos, leva a vitória.

Em distâncias longas, tudo é mais complexo: gerir uma boa alimentação, fazer uma estratégia de ritmo e conhecer bem o percurso. Esses pontos são primordiais para uma boa performance nas distâncias maiores.

Nas competições ultra, o erro pode ser tornar até aliado e amigo dos corredores. São distâncias nas quais ir do céu ao inferno é algo comum. Obviamente o treinamento é primordial – e é necessário focar sua energia nele – mas largar em provas de 100 milhas sabendo que os adversários podem quebrar é só mais uma possibilidade para poder vencer (e que não depende diretamente do seu treino).

Para reforçar meu raciocínio, observo que muitos atletas – ao finalizarem suas provas – contestam sua performance e acreditam que poderiam ter dado muito mais (ou que se não fosse aquele empecilho, etc, baixariam mais seus tempos).

Essa situação exemplifica bem o exemplo da redação.
Somos seres humanos e estamos em evolução e aprendizado sempre.

Provavelmente será impossível fazer uma corrida perfeita, já que errar sempre fez e sempre fará parte do jogo!

Sobre Valmir Dias Lana Júnior

Diretor Revista Trail Running. Atleta de Ultra trail.