Tragédia e Equipamentos

Acidente em prova

Todos nós ficamos assustados e comovidos com a tragédia ocorrida em uma prova na China e não cabe dizermos quem errou e sim relembrarmos e ficarmos atentos em tudo que é preciso para que a sua atividade ao ar livre não se torne um momento de dificuldade a ponto de perdermos o controle e corrermos risco de morte.

Duas coisas precisam ficar muito claras entre nós, corredores de montanha:

  1. O clima na montanha é dinâmico e sempre acontece reviravolta;

  2. Equipamento para frio e chuva são aqueles que salvarão sua vida nestes momentos.

Na tragédia ocorrida na China neste fim de semana pudemos visualizar estas duas coisas acima. O clima subitamente mudou com temperaturas muito baixas, ventos, chuva de granizo e os atletas não estavam com equipamentos mínimos para enfrentar tais mudanças no clima.

Listamos aqui alguns equipamentos que podem fazer a diferença nestes momentos e te livrar de consequências mais graves:

  1. Cobertor de emergências (manta térmica): o mais importante que pode ser utilizado de variadas formas em variadas ocasiões e não ocupa quase espaço nenhum na sua mochila.
  2. Corta-vento: seguindo a mesma linha do cobertor de emergências, o corta vento, muitas vezes, não ocupa quase espaço nenhum na mochila e dependendo do modelo cabe no bolso e outros ainda são impermeáveis.

Em nossa avaliação, estes acima não podem ficar de fora mesmo em dias sem previsão de frio ou chuva, mesmo em caso de um frio inesperado conjugar o cobertor de emergência por baixo do corta-vento já ajuda demais.

Em situações em que é vamos para uma montanha mais alta e o tempo de travessia, treino ou prova será maior, temos que ter consciência que lá em cima sua sobrevivência depende, EXCLUSIVAMENTE, de você, mesmo em uma prova, não dependa deles para sua segurança, leve seus equipamentos que garantirão que você consiga se aquecer e enfrentar maus momentos até que o resgate possa chegar até você ou que consiga chegar a algum lugar onde consiga esperar o tempo melhorar em segurança, entre estes equipamentos destacamos:

  1. Anoraque: Jaqueta que evita que a água gelada de uma chuva ou tempestade atinja seu corpo e tenha atenção na gramatura do anoraque, se ele tem costuras seladas e também a “coluna d’água – o quanto ela aguenta de chuva”, bem como dê preferência a anoraque com capuz.
  2. Fleece: blusa de frio com tecido que mantém seu corpo aquecido mesmo estando molhado, este equipamento também tem variadas gramaturas (grossura).
  3. Gorro ou balaclava: manter cabeça e orelhas aquecidas e protegidas é fundamental, geralmente os ventos no alto da montanha são muito fortes e este equipamento pode fazer a diferença.
  4. Luvas: existem uma infinidade de luvas e para infinitos tipos de atividade. Sempre leve uma luva para que sua mão não fique exposta ao frio extremo e a chuva gelada, geralmente as mãos esfriam muito mais rápido e pode ser um problema a mais perder a sensibilidade dos dedos.
  5. Camisas e calças segunda pele: estes equipamentos são importantes para isolar seu calor com você e impedir que o frio entre. A combinação de segundas peles com anoraque, gorro e luva muitas vezes já é o suficiente em caso de temperaturas muito baixas e em situações extremas podem até salvar sua vida.
  6. Lanterna: geralmente utilizamos lanternas de cabeça (head lamp), neste caso, tenha sempre pilhas reservas e sempre leve quantidade para sobrar mesmo. Caso tenha lanternas de baterias, leve seu Power bank para poder recarregar.
  7. GPS e/ou Celular: Opções não faltam, o importante é você conseguir, ao menos, mostrar sua localização, entretanto, se tiver um GPS como o SPOT, você terá muito mais segurança e sua família também, pois há possibilidade de você, além de mostrar onde está, poderá trocar mensagens com sua família ou o próprio resgate.
    No caso de Celular esbarramos no problema de sinal e caso onde esteja tenha sinal de celular você conseguirá se comunicar com quem possa te ajudar. Caso não tenha sinal, pelo menos você conseguirá se orientar através de aplicativo como o Wikiloc, por exemplo.
  8. O último equipamento de extrema importância é a pulseira com seus dados para que caso esteja em situação de risco de morte ou mesmo um acidente, a pessoa que lhe encontrar ela consiga te identificar, ligar para algum número e ainda ter seus dados médicos preliminares, além disso, dependendo do plano que fizer, ainda tem seguro que cobrirá seus custos emergenciais, neste caso temos, como exemplo a “MySafe Sports” que já é referência neste quesito.

Já tivemos uma situação de mudança brusca de clima algumas vezes e estivemos presentes em uma recente no Brasil, no caso foi a Ultramaratona dos Perdidos em 2016, onde a prova foi cancelada e graças a Deus nada de mais sério aconteceu.

O fato é que em se tratando de montanha não podemos ser relapsos e displicentes com nós mesmos, a montanha não perdoa e precisamos levar isso muito a sério, esperamos que este artigo ajude a pensar melhor em como tem sido sua relação com a montanha e seus equipamentos.

No fim é você com você mesmo, não dependa de ninguém e se precisar de ajuda, ajude as pessoas a te ajudar!