Breaking 20

Por Valmir Lana Jr.

Pau Capell fecha o percurso do UTMB em 21h 17’ em uma corrida contra o relógio.

A ação idealizada por Pau Capell foi abraçada por seus patrocinadores e a “Break 20” foi criada. Trata-se da tentativa de percorrer os 171km do percurso utilizado pela organização do “Ultra Trail du Mont Blanc – UTMB” abaixo de 20h, o que seria um feito inédito e absurdamente grande.

Quem acompanhou o início da tentativa de quebra das 20h viu o tamanho que se tornou o evento, centenas de pessoas acompanharam pessoalmente e assim foi por todo o percurso.

As primeiras etapas, Les Contamine, Checroit, Lac Combal e até Courmayer no km 81, Pau Capell acelerou muito e chegou abrir 2h do seu tempo de 2019, ocasião em que ele foi o campeão da prova.

As outras etapas foram marcadas pela escuridão associada a ausência de marcação, que dificulta muito saber qual das muitas trilhas tomar, o cansaço e também, inevitavelmente, fez com que o ritmo diminuísse e por último, alguns trechos estavam fechados, o obrigando a fazer algumas voltas, mas que foi resolvido rapidamente.

Já no último trecho do desafio, Vallorcine à Chamonix, trecho de aproximadamente 19km com 900m D+, Pau Capell pouco abaixo de 18h30’ de corrida já sabia que não haveria condições de correr abaixo de 20h. Ele teria uma dura subida pela frente até o “tet aux vent”, em seguida passaria por “La Flégère e dali em diante seriam cerca de 8km até a igrejinha de Chamonix, ponto final do desafio.

Via-se em seu ritmo e semblante seu cansaço, mas mesmo não alcançando o objetivo ele se manteve forte até o fim e cravou um tempo digno dos melhores corredores do mundo.

Além dele, somente François D’Ahene (20h11’ – 169km), Kilian Jornet – 2011 (20h36’), Sebastian Chaigneau – 2011 (20h55’), Xavier Thevernard – 2018 (20h44’) e Iker Karrera – 2011 (20h45’) conseguiram correr abaixo de 21h.

Além do feito de Pau Capell, devemos saudar o trabalho de Marketing feito pela marca The North Face e Buff, temos certeza do sucesso do projeto, haja vista o número de pessoas assistindo ao vivo a chegada de Pau Capell em Chamonix (+5.000 pessoas simultâneas).

O que podemos dizer que fica é a oportunidade de Pau tentar novamente quebrar a marca de 20h, assim como kipchoge fez no break 2h.

Parabéns, The North Face, Buff, apoiadores, amigos e todas pessoas envolvidas neste belíssimo projeto e principalmente, parabéns, Pau Capell pelo feito de hoje!

Passagens ‘Breaking 20’

Les Houches (km8) 1h18’
Les Contamines (km31,8) 2h39’
Chapieux (km50,7) 4h52’
Courmayeur (km81.3) 8h35’
La Fouly (km112.8) 12h58’
Col de la Forclaz (km140) 16h33’
Vallorcine (km153.6) 18h25’
Chamonix (km171) 21h17’

Você tem dúvidas sobre como será o processo de inscrição, “running stones”, pontos e sorteio? Vejam a explicação.

Fonte: Ultra Trail du Mont Blanc (UTMB)

Em abril de 2019 foi anunciado um novo processo de registro mais flexível e aberto para acessar as corridas UTMB®. Esse novo sistema foi redesenhado para atender à crescente demanda por registros, conforme mostrado a seguir: 


21.700 aplicativos em 2018

26.022 aplicações em 2019 (+ 19,9%)

32.000 inscrições em 2020 (+ 23%)


As 4 corridas históricas (UTMB®, TDS®, CCC®, OCC e PTL®) estavam 455% completas (em comparação com 359% no ano passado): 


UTMB® menos de 1 em 6 chances de ser selecionado (415% esgotado – 9 546 candidatos)

CCC® menos de 1 em 5 chances de ser selecionado (522% esgotado – 9 922 candidatos)

TDS® menos de 8 em 10 chances de ser selecionado (158% esgotado – 2.529 candidatos)

OCC tem menos de 1 em 8 chances de ser selecionado (724% esgotado – 8 685 candidatos)


Para que todos os corredores pudessem entrar na corrida dos seus sonhos um dia, a organização teve que inovar e renovar o processo de inscrição.


O atual sistema de registro atingiu seu limite. Para continuar a atender às expectativas desses milhares de atletas, foi necessário melhorar nosso processo de inscrição. Implementamos um sistema mais flexível e aberto. Também é muito importante respeitar a saúde dos corredores – Michel Poletti, co-diretor da UTMB®.”


Novas datas de registro, “Running Stones”, sorteio, pontos de qualificação… aqui estão as quatro coisas que você precisa saber para participar do UTMB® em 2021. 

Registro com “Running Stones”
 

As running stones permitem o acesso ao UTMB® Mont-Blanc sem ter que passar pela loteria. As running stones são concedidas aos “finishers” de uma série de corridas que fazem parte do circuito mundial de 2020. Como coleciono pedras de corrida? 

Corridas “by UTMB®” O número de running stones adquiridas ao concluir uma corrida “By UTMB®” é igual a 3 vezes o número de pontos ITRA concedidos pela corrida. Por exemplo, ser um finisher em uma corrida “By UTMB®” de 6 pontos ITRA permite ganhar 18 running stones UTMB®. 

Provas UTWT
 

O número de running stones adquiridas ao concluir uma corrida UTWT é igual ao número de pontos ITRA concedidos pela corrida. Por exemplo, ser um finalista de uma corrida UTWT de 6 pontos ITRA permite ganhar 6 running stones UTMB®. Isso só se aplica a corridas no calendário de corridas UTWT. Como solicito a inscrição com running stones? 

Para se inscrever em uma corrida de 2020, você deve ter running stones suficientes no momento da inscrição: 

UTMB®: 18 running stones

CCC®: 15 running stones

TDS®: 15 running stones

OCC: 12 running stones

Validade das running stones 

As running stones expiram após 4 anos. Por exemplo, se eu colecionei 18 running stones em 2020, posso usá-las para participar de um evento 2021, 2022, 2023 e/ou 2024. Se não forem utilizados durante esses 4 anos, não poderão ser utilizados para o registro 2025. 

Entrando na loteria
 

Os corredores que não tiverem running stones suficientes para se inscreverem na corrida de sua escolha poderão participar da loteria. A partir de 2020, a loteria se tornará mais flexível. Os corredores que não tiverem sorte em sua primeira tentativa na loteria terão melhores chances de serem selecionados nos anos seguintes. A probabilidade de ser selecionado é, portanto, proporcional ao número de vezes que um corredor não conseguiu entrar nos anos anteriores. Os corredores também podem decidir se inscrever para uma corrida diferente a cada ano (por exemplo: se inscrever no UTMB® no primeiro ano e, em seguida, no TDS® no ano seguinte) ou fazer uma ou mais de um intervalo de um ano de sua corrida. 

Processo de loteria
 

É um bilhete com o seu nome para a loteria. Se você possui 2 bilhetes, seu nome aparece duas vezes, dobrando suas chances na loteria contra alguém que possui apenas 1 bilhete. Se você possui 3 bilhetes, seu nome aparece três vezes, triplicando suas chances na loteria e assim por diante. 

Pontos de qualificação
 

O registro só é possível para os corredores que já completaram algumas das corridas incluídas na lista de corridas qualificadas UTMB® entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020: 


UTMB®: 10 pontos adquiridos entre 01/01/2019 e 31/12/2020 (em 2 corridas no máximo)

CCC®: 6 pontos adquiridos entre 01/01/2019 e 31/12/2020 (em 2 corridas no máximo)

TDS®: 8 pontos adquiridos entre 01/01/2019 e 31/12/2020 (em 2 corridas no máximo)

OCC: 4 pontos adquiridos entre 01/01/2019 e 31/12/2020 (em 2 corridas no máximo)


Os finishers das corridas UTMB® 2018 também podem usá-las como corridas classificatórias. 

Datas de inscrição
 

1-17 de dezembro de 2020: Registro de solidarios (processo de inscrição a ser publicado em breve); 
5-12 de janeiro de 2021: Entradas diretas através de running stones e pré-inscrições para a loteria; 
20 de janeiro: Resultados da loteria; 
20-31 de janeiro: Os corredores selecionados pela loteria devem finalizar seu registro. 

Você tem mais alguma dúvida?

Faça-nos uma pergunta.